"Somos vibração.

Tudo é vibração, e tudo é impermanente, pois tudo está em constante movimento.

Nossa mente também é movimento, e o movimento precisa de harmonia para criar eficiência.

Harmonia é ritmo.

Quem sabe manipular a vibração pode transformar as coisas ao seu redor "

A peça EM•NA baseasse na ideia da vibração como elemento manipulador.

Isto surgiu do mantra OM e da vibração resultante nas práticas de mantras e ioga, o que nos fez experimentar que somos vibração e constante movimento.

A investigação sobre os Mudras levou-nos à execução simbológica, quase literária, visto que coreograficamente achamos muito interessantes para exemplificar a ideia do mantra OM, e outras sensações.

A relação entre os intérpretes passa por diferentes estados: comprimindo, esticando, mudando o ritmo da sua própria vibração, e tudo isto partindo da sua fisicalidade individual.

A composição cénica dos corpos mostra os diferentes estados e espaços duma mesma vibração através de uma fisicalidade contemporânea nua, crua e quotidiana.

A duração de cada movimento e ação quase evidencia um pensamento, propósito ou reflexão. A peça procura entrelaçar a ordem, o caos, a passividade e o eco da mente projetado no corpo cambiante.  

A forte presença do mundo e espirito japonês cria uma estética cheia de detalhes significativos e contundentes.

Um “momentum” sobre a tão cheia e desbordada que está a mente humana e a necessidade de silêncio.

EM•NA é uma investigação sobre a “acústica subcutânea” através da vibração e do silêncio resultante no corpo do outro.

Criação e interpretação:

Esther Latorre e Hugo Pereira

Música original:

René Aubry

Espaço sonoro:

Colectivo Glovo

Vídeo:

Manu Lago e Adrián González

Fotografia:

Manu Lago e Xaquín Silva

Desenho gráfico e web:

Manu Lago

Vestuário:

Lurdes Fernandes

Com o suporte de:

Galicia Danza Contemporánea

Duraçao

27 minutos

Gira:

Estreada en Danza no Claustro de Ourense em 20 e 21 de junho de 2019

1/2

EM·NA

  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram Galicia Danza